Connect with us

Business

Golden Tulip Gravatá inaugura sala de vendas em Recife (PE)

Published

on

A Miksza Empreendimentos Imobiliários, sócia e parceira da EP House Empreendimentos no Golden Tulip Gravatá, anunciam a abertura da nova sala de vendas do empreendimento de multipropriedade em desenvolvimento em Gravatá (PE), em Recife, nesta última terça-feira, 18 de outubro, no Shopping Recife. Esta será a segunda sala de vendas do projeto na “Suíça Pernambucana”.

Com a consultoria em vendas da New Time e Quantum, o gerente de operação da nova sala de vendas será Joefferson Silva, com vasta experiência na multipropriedade e timeshare, com passagens pelo Enotel Porto de Galinhas, Gramado e Foz do Iguaçu.

“A Miksza Epreendimentos Imobiliários e a EP House vem com tudo no mercado de Multipropriedade, e abre a sua segunda sala em três meses de projeto, e a abertura da Sala de Recife já é notícia velha, pois em novembro já teremos a terceiro espaço comercial na cidade de Caruaru”, diz Marco Vargas, sócio da New Time.

Com 624 apartamentos, o Golden Tulip Gravatá será construído em uma área de 400 mil m², com apartamentos de três tipologias (30 m², 37 m² e 54 m²), produtos de 1 e 2 semanas, com entrega em três etapas. O novo resort terá muitas atrações para seus proprietários e hóspedes: quadras poliesportivas, beach tênis, parque aquático infantil, piscinas aquecidas, hidromassagem, entre outras.

Além do Golden Tulip Gravatá, a Miksza empreendimentos imobiliários e a EP House já tem mais quatro empreendimentos em parceria com contratos assinados e em fase de concepção de produtos e desenvolvimento estratégico, e que serão lançados nos próximos meses: em Urubici (SC) e Urupema (SC).

Leia mais em www.turismocomoartilhado.com.br

www.mikszaempreendimentos.com.br

http://ephouse.com.br/

Miksza Empreendimentos imobiliários

Miksza Empreendimentos imobiliários

Miksza incorporadora é Miksza Empreendimentos imobiliários

Business

Maximizando a Eficiência: Gestão Estratégica de TI para Transformação Digital em Pequenas e médias empresas (PMEs)

Published

on

* Ana Cristina Arenales Delmaschio

A transformação digital é um imperativo estratégico para pequenas e médias empresas (PMEs). Em um cenário de rápida evolução tecnológica e crescente competitividade, a capacidade de adaptar-se e inovar através da digitalização pode determinar o sucesso ou o fracasso de uma empresa. Este artigo explora os benefícios, desafios e estratégias para a implementação eficaz da transformação digital em PMEs, oferecendo insights práticos.

As PMEs desempenham um papel crucial na economia global, representando aproximadamente 50% do PIB mundial e empregando cerca de 70% da força de trabalho global. Nos Estados Unidos, as PMEs representam cerca de 44% do PIB e criam dois terços de todos os novos empregos nas últimas décadas, além de serem responsáveis por 98% de todos os exportadores identificados, apoiando cerca de 4 milhões de empregos através de exportações diretas e indiretas​
A adoção de tecnologias digitais permite que PMEs automatizem processos repetitivos, reduzindo erros e aumentando a eficiência. Por exemplo, o uso de sistemas de gestão de relacionamento com o cliente (CRM) e plataformas de automação pode simplificar as operações e liberar recursos para atividades mais estratégicas. Segundo a Accenture, a transformação digital aumenta a agilidade empresarial e desbloqueia novo valor para funcionários, clientes e acionistas.
A experiência positiva do cliente é um dos principais benefícios da transformação tecnológica. As ferramentas digitais permitem que as empresas personalizem as interações com os clientes, criando experiências mais envolventes e satisfatórias. A análise de dados em tempo real possibilita que as PMEs ajustem suas ofertas de produtos e serviços com base nas preferências dos clientes, aumentando a lealdade e a satisfação. Conforme apontado pela Bigscal, as PMEs podem usar canais digitais para interagir com os clientes em tempo real, oferecendo suporte e assistência de maneira contínua.

Outro impacto positivo é a redução de custos. A digitalização pode reduzir significativamente os custos operacionais das PMEs. A implementação de soluções baseadas em nuvem, por exemplo, elimina a necessidade de uma infraestrutura física extensa, enquanto plataformas de colaboração online reduzem a necessidade de viagens e espaços de escritório. Além disso, a digitalização permite uma alocação mais eficaz de recursos, minimizando desperdícios e otimizando investimentos. A automação dos dados possibilita que os recursos humanos se concentrem em tarefas que demandam maior intelecto, potencializando a eficiência operacional.

Por meio da transformação digital, as PMEs podem aumentar sua competitividade e inovação. A capacidade de inovar rapidamente é essencial para a competitividade dessas empresas, fornecendo as ferramentas necessárias para acompanhar as tendências do mercado e se adaptar rapidamente às mudanças. Empresas que adotam tecnologias emergentes, como inteligência artificial, análise de dados, centralização de informações e integração com diversas áreas e plataformas tecnológicas em um único sistema, conseguem competir de forma mais eficaz com empresas maiores. De acordo com o Fórum Econômico Mundial, a transformação digital nivela o campo de jogo, permitindo que as PMEs aproveitem novas oportunidades de crescimento e eficiência.

Mas quais são os Desafios da Transformação Digital?

Limitação de recursos: Muitas PMEs enfrentam desafios financeiros e de recursos ao tentar implementar a transformação digital. A falta de capital para investir em novas tecnologias e a escassez de habilidades digitais entre os funcionários podem dificultar a transição. Embora a transformação digital possa aumentar a receita e a lucratividade, as PMEs com reservas de capital inadequadas podem lutar para acompanhar o ritmo.

Gestão de mudanças: A transformação digital requer uma mudança cultural significativa dentro das organizações. Os funcionários podem resistir a novas tecnologias e processos, especialmente se não estiverem adequadamente treinados ou cientes dos benefícios. Segundo a Accenture, a transformação digital bem-sucedida exige uma abordagem colaborativa e experimental, que envolva toda a organização e promova uma mentalidade de inovação.

Segurança e conformidade: A adoção de tecnologias digitais aumenta a exposição das PMEs a riscos de segurança cibernética. Proteger dados sensíveis e cumprir regulamentos de privacidade é crucial para evitar violações e manter a confiança dos clientes. A implementação de medidas robustas de segurança cibernética e a garantia de conformidade com padrões regulatórios são essenciais para mitigar esses riscos.

E quais são as Estratégias para Implementar a Transformação Digital nas PMEs?

Avaliação e Planejamento: Por meio de uma gerente de projetos estratégico de TI, o primeiro passo para a transformação digital é avaliar o estado atual da empresa e identificar áreas que podem se beneficiar da digitalização. Criar um plano detalhado que delineie os objetivos, os recursos necessários e as etapas de implementação é essencial. As empresas devem investir em soluções digitais escaláveis e fornecer treinamento adequado aos funcionários para garantir uma transição suave.

Adoção de Metodologias: A definição das metodologias para a implementação da transformação digital e de extrema importância, as ágeis, são particularmente eficazes para gerenciar projetos de transformação digital. Essas abordagens permitem que as empresas implementem mudanças incrementais e ajustem rapidamente suas estratégias com base no feedback contínuo. A adoção de metodologias ágeis pode melhorar a eficiência operacional e permitir uma resposta rápida às mudanças do mercado.

Parcerias estratégicas: Colaborar com fornecedores de tecnologia, consultorias e ou profissionais especializados em gestão de projetos estratégicos de TI que podem acelerar o processo de transformação digital. Parcerias estratégicas fornecem acesso a conhecimentos especializados e recursos que podem não estar disponíveis internamente. As PMEs devem buscar parceiros confiáveis que possam fornecer soluções personalizadas e suporte contínuo durante a implementação.

Foco na experiencia do Cliente: Colocar o cliente no centro da estratégia de transformação digital é crucial para o sucesso a longo prazo. As PMEs devem usar tecnologias digitais para entender melhor as necessidades e preferências dos clientes e personalizar suas ofertas de produtos e serviços. A análise de dados em tempo real, a integração de dados são ferramentas poderosas para melhorar a experiência do cliente e aumentar a fidelidade.

Em conclusão a transformação digital por meio de projetos estratégicos de TI, é um processo desafiador, mas essencial para as PMEs que desejam permanecer competitivas e crescer em um mercado em constante evolução. Embora existam obstáculos significativos, os benefícios da digitalização — incluindo maior eficiência, melhor experiência do cliente, redução de custos e aumento da competitividade — superam os desafios. Ao adotar estratégias eficazes e aproveitar as tecnologias emergentes, as PMEs podem não apenas sobreviver, mas prosperar na era digital.

Para gerentes de projetos estratégico de TI, a chave para uma transformação digital bem-sucedida está em planejar cuidadosamente, adotar abordagens ágeis, buscar parcerias estratégicas e manter o foco nas necessidades dos clientes. Com essas estratégias, as PMEs estarão bem-posicionadas para aproveitar as oportunidades da economia digital e alcançar um crescimento sustentável.

*Ana Cristina Arenales Delmaschio é uma líder na Gestão de Projetos Estratégicos de TI para Transformação Digital, com mais de 25 anos de experiência em âmbito nacional e internacional. Nos Estados Unidos, sua experiência e conhecimentos foram comprovadamente reconhecidos como equivalentes a um Master of Science in Project Management, sua trajetória é marcada por significativas transformações desde pequenas e médias empresas até grandes corporações globais. Ocupou posições de destaque nas indústrias da construção,educação, varejo e consultoria de IT Services e IT Consulting pela renomada Capgemini.

Ao longo de sua carreira, liderou projetos que impulsionaram a eficiência operacional,otimizaram processos internos para reduzir custos, promovem inovação com impacto diretamente no crescimento de receitas, assim como geraram dados cruciais, principalmente financeiros, para decisões estratégicas. Esteve envolvida em projetos de larga escala, desde a construção do planejamento estratégico até a implementação de sistemas tecnológicos.

Atualmente residindo nos Estados Unidos, com uma combinação única de habilidades técnicas e de liderança, sendo valorizada e reconhecida na gestão de projetos estratégicos de TI no campo da transformação digital, continua a liderar, engajar, inspirar equipes e organizações a alcançar novos patamares.

Para mais informações, acesse https://www.linkedin.com/in/anacristinadelmaschio

Continue Reading

Business

Gaia Broker redefine a gestão de ativos obsoletos no setor de telecomunicações

Published

on

De acordo com Ary Biazotto, co-fundador da empresa, as estratégias adotadas garantem um melhor valor de revenda e completa rastreabilidade dos ativos

O setor de telecomunicações, assim como muitos outros segmentos industriais, enfrenta desafios constantes no gerenciamento eficiente de seus ativos, especialmente quando estes se tornam obsoletos ou disfuncionais.

Neste cenário, empresas como o Gaia Broker surgem como uma solução inovadora, oferecendo uma plataforma robusta para a valorização e o descarte adequado de ativos, conforme a legislação vigente sobre resíduos sólidos.

Com mais de quinze anos de experiência no mercado de descarte de resíduos sólidos, os fundadores do Gaia Broker observaram uma lacuna significativa no processo de valorização de resíduos por parte de fabricantes ou empresas prestadoras de serviços.

Tradicionalmente, essas empresas optam por vender seus ativos descartados por meio de convites ou leilões, métodos que muitas vezes não garantem o melhor retorno financeiro. “O Gaia Broker foi criado justamente para transformar este cenário, propondo uma nova forma de comercializar ativos para maximizar seu valor no ciclo de vida do produto”, revela Ary Biazotto Corte Jr, co-fundador do Gaia Broker.

Benefícios transversais para o mercado

Embora a solução do Gaia Broker tenha relevância particular no mercado de telecomunicações, sua aplicabilidade se estende a qualquer setor que gere ativos descartáveis ou produtos em retorno. “Nossa plataforma está aberta para todas as organizações que precisam otimizar o retorno sobre ativos desvalorizados”, declara.

O Gaia Broker realiza um inventário detalhado dos materiais, classificando-os por tipo, tecnologia, condição e obsolescência. “Esse processo meticuloso garante não só o melhor valor de revenda, mas também a rastreabilidade completa e uma gestão eficiente da documentação dos compradores, fortalecida por um processo rigoroso de homologação e seleção”, relata.

Integração estratégica 

A eficácia do Gaia Broker é ampliada pela parceria estratégica com empresas como a Postalgow e Techfive, ambas com atividades complementares na cadeia de valor dos ativos que vão desde a logística e reciclagem, até a venda e gestão de resíduos. “Esta colaboração permite a oferta de um serviço mais abrangente, cobrindo todas as necessidades relacionadas ao descarte, manutenção e compra de componentes sobressalentes”, pontua Carlos Tanaka, especialista em logística com mais de 25 anos de experiência, fundador da PostalGow e co-fundador do Gaia Broker.

A integração dessas operações garante um controle mais eficiente de todo o processo, proporcionando transparência e segurança na venda desses ativos. “Isso não só facilita a vida das empresas que lidam com a rotatividade de equipamentos, como também assegura uma tomada de decisão mais consciente e segura, aspectos cada vez mais valorizados em um mercado globalizado e em rápida evolução”, finaliza Ary.

Sobre Ary Biazotto

Ary Biazotto, especialista e pesquisador, possui mais de 40 anos de experiência na área de Pesquisas, Projetos, Reaproveitamentos e Telecomunicações, com forte atuação em startups para soluções de Reciclagem, Reuso, Reparo e Rastreabilidade de equipamento no segmento de Eletroeletrônicos e Telecomunicações. É graduando em Engenharia de Telecomunicações pela Inatel – Instituto Nacional de Telecomunicações e especialização no CRC – Canadian Research Center.

Sobre Carlos Tanaka

O especialista possui mais de 25 anos de experiência na área de Logística, tem forte atuação em startups voltadas para soluções de tecnologia no segmento de telecomunicações. É graduado em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da USP, pós graduado pela UC Berkeley Extension e MBA pela Business School SP.

Sobre a PostalGow

A empresa é o resultado de experiências vividas no segmento logístico de telecomunicações ao longo de 25 anos. A PostalGow tem se destacado no mercado por ser a única empresa especialista em soluções logísticas do país que tem serviços “End-to-end” de Logística de Telecomunicações, tanto com operações de armazenagem e transporte, e também a reversa, incluindo a retirada de equipamentos dos assinantes e seu recondicionamento, atendendo às melhores práticas de ESG.

Trata-se de uma empresa de Logística que leva conectividade e traz sustentabilidade.  Seu diferencial é a sua tecnologia empregada com alta especialização em soluções de telecom, com resultado surpreendente de crescimento no ano de 2023 de 60%. Possui capacidade instalada para atender até 300 mil solicitações mensais de retirada de equipamentos de reversa. O armazém central utilizado atende a 25 mil pallets e a capacidade de recondicionamento chega a até 70 mil equipamentos por mês. Para mais informações, acesse o site ou pelas redes sociais @postalgow.

Continue Reading

Business

Sebrae/PA ensina como abrir um Hostel em Belém antes da COP 30

Published

on

By

Videocast “Bora Começar” traz oportunidades para empreendedores que queiram
aproveitar o movimento da conferência climática da ONU para dar início a negócios
que possam ter sustentabilidade a longo prazo

Laiana Santos já era do ramo hoteleiro quando decidiu abrir o hostel Antonieta num
casarão histórico em Belém – PA. “Minha intenção inicial foi a de expandir o negócio
do hotel, porque havia uma demanda por espaços mais baratos. Mas o que eu
queria mesmo era abrir um lugar onde as pessoas pudessem fazer amigos e, até
então, os hostels que havia em Belém eram muito familiares”, diz

Laiana é arquiteta e se apaixonou pelo casarão onde hoje fica o Antonieta. Quando
estava terminando a reforma, veio o primeiro lockdown. “Infelizmente, a maioria dos
hostels fecharam na pandemia”, diz Laiana. Ela explica que, mesmo que o
movimento esteja revertendo, ainda existe um grande espaço para expansão,
independente da COP 30.

Mercado em alta
É possível dizer que o mercado de Hostels em Belém já está em alta. Segundo
dados do Cadastur, sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam
no setor de turismo, do Ministério do Turismo, em 2019 havia 10 hostels em Belém.
Esse número caiu para sete em 2020, apenas três em 2021 e 2022, subiu para oito
em 2023 e hoje, março de 2024, a quantidade de hostels na cidade já superou 2019
e subiu para 15.

Dá tempo de abrir um hostel para a COP 30?
Para falar todos os detalhes sobre como começar um hostel em Belém, visando a
demanda gerada pela vinda da COP 30 para a cidade, o videocast “Bora Começar”,
da Agência Digital do Sebrae no Pará, conta com a participação do analista do
Sebrae no Pará, Péricles Diniz, e com a proprietária do hostel Antonieta, Laiana
Santos, que explicam sobre cada aspecto do negócio, desde a concepção até a
operação diária.
Segundo Péricles Diniz, é muito importante que os empreendedores compreendam
que apesar de a COP acontecer apenas em 2025, já vêm acontecendo vários
eventos considerados como testes, desde 2023, e esse ritmo vai continuar até lá.
“Em um empreendimento como esse você precisa de um tempo para estabelecer a
sua marca, ter as avaliações dos clientes, não é simplesmente abrir”, pondera.
Abrir um hostel envolve, entre várias questões, criar um plano de negócios,
pesquisa de mercado, escolha de uma localização estratégica e cumprimento das
regulamentações locais. Mas a cerca de 20 meses da COP o consenso dos
participantes do videocast é de que sim, é possível abrir um hostel antes do evento;
é um negócio sustentável a longo prazo; é uma ótima solução para atender mais
pessoas por quarto; oferece preços mais atrativos para a sociedade civil que deseja
acompanhar as discussões climáticas de perto e, após a COP, é opção de turismo
para quem quer fazer amigos, o que ainda falta na cidade.
Serviço:
Bora Começar um Hostel?
Videocast Bora Começar Ep.02
Agência Digital do Sebrae no Pará
Com: Péricles Diniz, analista do Sebrae no Pará, e Laiana Santos, proprietária do
hostel Antonieta
Sebrae/PA | Loja Virtual – Bora Começar um Hostel? – Ep.02 (lojavirtualsebrae.com.br)

Continue Reading

Leia Tambem

Famosos1 dia ago

Fotógrafa de Imbituba-SC, ganha destaque com seus ensaios gestantes

A gravidez é um período que marca a vida das pessoas. Registrar os momentos está se tornando cada vez mais...

Famosos2 dias ago

Ivo Barroso e Aline Andreis desfrutam final de semana em Angra dos Reis com ensaio gestante

Casal aproveita a tranquilidade de sua casa de praia para registrar momentos especiais à espera do pequeno Pedroca  Ivo Barroso,...

Famosos2 dias ago

As apresentadoras e modelos Ercilia Micarelli, Gabi Saleh e Gabi Dortt lançam o NudeCast

As Modelos do entretenimento adulto que estão se destacando e fazendo sucesso nas plataformas digitais da FanFever agora contam com...

Famosos2 dias ago

Mc Paulin da Capital comemora o nascimento de sua filha Angel

Na última sexta (14), Mc Paulin da capital comemorou o nascimento de sua filha Angel Gabrielly. O cantor, que é...

Famosos3 dias ago

Luciano Nascimento se torna o Bar tender mais conhecido do Nordeste

Luciano Nascimento 40 anos de idade mora no bairro do janga há 6 anos, bartender profissional e possue um pequeno...

Famosos4 dias ago

Descubra a Importância dos Portais de Notícias para a Cobertura de Famosos

Nos dias atuais, os portais de notícias on-line têm desempenhado um papel fundamental ao oferecer facilidade e agilidade na busca...

Famosos5 dias ago

Conheça a influenciadora e maquiadora Jeniffer Costa!

Jeniffer Costa, de 26 anos, é uma influenciadora, modelo e maquiadora Brasileira.Nascida em Guarujá-SP, ficou conhecida na internet através de...

Famosos6 dias ago

Kamila Smaili estreia o “SMAILI TALKS”, um podcast focado em bem-estar

Agora no final de junho apresentadora e publicitaria Kamila Smaili estreia o “SMAILI TALKS” um podcast focado em bem-estar, saúde...

Famosos6 dias ago

Michelle Heiden colhe os frutos pós-reality da Record “A Grande Conquista”

Michelle Heiden Miss, Influenciadora e ex participante do reality “A Grande Conquista” exibido na Record Tv, comprou seu mais novo...

Famosos6 dias ago

Rio de Janeiro recebe a 11ª edição da Conferência Escolhidas

Evento de mulheres idealizado pela pastora Fabíola Bastos deve receber 3 mil participantes Casada com o pastor e cantor Waguinho,...

Famosos7 dias ago

Luiz Kingsman crítica a prefeitura de João Alfredo por invisibilizá-la como artista

Nesta última quinta-feira (13), a cantora drag queen, Luiz Kingsman compartilhou em suas redes sociais, momento que a deixou constrangida....

Famosos1 semana ago

Jornalista Danilo Rasquinho recebe homenagem na Câmara Municipal de São Paulo

Na terça dia 11 de junho, a Câmara Municipal de São Paulo foi palco de um evento emocionante: a “Noite...

Famosos1 semana ago

Gusttavo Lima se junta à QOD Cosmetic em ação especial do Dia dos Namorados

Marca que leva o nome do sertanejo lançou kits promocionais exclusivos em seu site Kit dedicado ao público masculino contém...

Famosos1 semana ago

Odoguiinha e Suellen Carey, se juntam para single em combate ao preconceito

  Junho é o mês oficial da comunidade LGBTQIA+ , mês que celebra a diversidade e combate todos os tipos...

Famosos1 semana ago

Empresário Raoni Soares presenteia cantor Belo com fone de ouvido de ouro avaliado em 10 mil dólares

Raoni é conhecido por suas extravagâncias e parcerias com celebridades como Neymar Jr. ,Vinícius Júnior e Kylian Mbappé No último...

Famosos1 semana ago

Do Assédio ao lucro: Contadora larga emprego em multinacional e começa a vender conteúdo +18 após sofrer abusos no trabalho

“Sempre me viram como um pedaço de carne, era difícil me levarem a sério, enquanto outras funcionárias podiam se vestir...

Famosos1 semana ago

Mateus e Fabrício proporcionaram uma apresentação memorável durante o evento de arrecadação de fundos em benefício do Instituto Neymar Jr

Na 4ª edição do leilão beneficente promovido pelo Instituto Neymar Jr., realizada na noite de segunda-feira (03), Mateus e Fabrício...

Famosos1 semana ago

Residente em Dubai, Empresária Tatiany Melo, arrematou a camisa de Vinicius Jr. por 315 mil reais no leilão do instituto Neymar

Conheça Tatiany Melo, uma empreendedora brasileira residente em Dubai, que arrematou a camisa de um jogador da seleção brasileira em...

Famosos1 semana ago

Jerferson Assiz cai nas graças do público mineiro e está se destacando como humorista

Jeferson Barros de Assiz nascido no dia 20/04/1983 na pequena cidade de Inhauma MG cerca de 100 km da capital...

Famosos1 semana ago

Paulo Pires Encanta com Performance Humorística no “The Noite com Danilo Gentili”

Risadas Garantidas: Paulo Pires Ilumina o Palco do ‘The Noite Em uma noite memorável, o cantor Paulo Pires surpreendeu o...

Advertisement 300x250 Genérico

Trending

Copyright © MoneyFlash - Todos os Direitos Reservados.