Connect with us

Revolta dos CNPjs

A REVOLTA DOS CNPJs Por Joe Santos

Published

on


Estamos criando um ambiente propicio para uma crise que nos ameaça a cada semana que passa e isso tem feito com que toda a economia se mantenha em alerta, e esse se “manter alerta” pode criar uma corrente de efeito negativo, principalmente quando estamos falando de negócios que sejam a longo e médio prazo, justamente porque afeta diretamente o planejamento das empresas.

Essa falta de definição econômica ou de um planejamento mais seguro e confiável afeta com certeza as empresas com contratos há cumprir, com contratos a serem negociados. O ambiente de negócio está afetado, está com dificuldades de fazer qualquer previsão.

Essa é mais uma “Revolta” que os CNPJs tem, essa é uma Revolta legítima e justificável, se estávamos “Revoltados” pelos mais diversos motivos que estamos colocando nesta coluna seguidamente, agora temos um período de indefinições, tanto nas reformas que foram ditas/prometidas durante a campanha política, quanto o confronto destas promessas com a realidade encontrada economicamente falando, temos um ambiente internacional de negócios se alterando muito rapidamente pelos mais diversos motivos, e isso impacta de forma cada vez maior a economia interna. O que é inevitável, haja visto que a participação Brasileira na economia mundial cresce cada vez mais e exponencialmente, justamente porque estamos com a produção agrícola, por ex. tendo participações em alguns países como nunca e como não poderíamos imaginar a pouco tempo atrás, pelos mais diversos motivos. Isso é bem importante e nos faz, importantes na economia mundial, tanto para o “bem”, quanto para o “mal”. 

Para o “bem”, porque estamos gerando riqueza e a dependência internacional do que produzimos e isso pode nos gerar uma possibilidade de riqueza em muito pouco tempo, somos a “bola da vez”, estamos produzindo como nunca e vendendo tudo, a ponto de termos falta de produtos no mercado interno, justamente porque está mais atrativo esse mercado externo.

Para o “mal”, justamente porque estamos à mercê desta economia globalizada e afetada por diversos fatores, deixando de lado reformas importantes, necessárias que internamente seriam da maior urgência. Sem falar na incompetência técnica nos mais diversos setores economicamente falando.

Temos “Revoltas” com prioridade, estamos com “Revoltas” novas. Essa de reformas já não é tão nova assim, mas, parece prioritária e urgente, por isso transferimos ela para um patamar mais alto de importância. Sempre que devemos temer reformas por motivos políticos ou por motivos de ajustes de contas e assistencialismo, mas, que sejam colocadas em discussão o mais breve possível.

Coluna inspirada no livro “A REVOTA DOS CNPJs”

Joe Santos – sopantufa

Continue Reading
Advertisement

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revolta dos CNPjs

A REVOLTA DOS CNPJs

Published

on

Empresários buscam igualdade de tratamento nas fiscalizações.

Na última coluna, discutimos as regras que regem o mundo dos negócios e a importância de os empreendedores conhecerem e seguirem essas regras. No entanto, também é fundamental que os órgãos de fiscalização operem de forma transparente e sejam aprovados para a mesma fiscalização que impõem às empresas. A falta de clareza e uniformidade nas fiscalizações tem alimentado a desigualdade entre as empresas, gerando uma verdadeira “Revolta dos CNPJs”.

É de se acreditar que o fisco cumpre seu papel com imparcialidade e está integrado em todas as joint ventures. Porém, ao longo do tempo, observamos diferenças na forma como as fiscalizações são realizadas, nas orientações dadas e nas oenalidades aplicadas. Esse descumprimento de normas, mesmo que aparentemente justificado, alimenta a concorrência desigual no mercado, favorecendo empresas que recebem tratamento diferenciado. Essa situação é prejudicial à competição saudável, que deve ser baseada na melhoria da eficiência produtiva, comercial, tecnológica, logística, de processamento e produção, entre outros aspectos.

Essa falta de uniformidade nas fiscalizações tem levado alguns empresários a não cumprir integralmente as regras, ao mesmo tempo em que aplicam diferentes critérios tributários em suas ações. Este processo de fiscalização, sem a certeza de que todas as empresas estão sujeitas às mesmas exigências e que cumprem as normas de forma igualitária, é, sem dúvida, motivo de revolta.

Esta coluna é inspirada no livro “A Revolta dos CNPJs”, que aborda justamente esse problema. O autor, Joe Santos, destaca a importância de um ambiente regulatório justo e transparente para promover um ambiente de negócios saudável. A falta de clareza nas regras e a aplicação arbitrária de fiscalizações podem comprometer os negócios e gerar interferências, afetando o planejamento e os futuros contratos das empresas.

O empreendedorismo já é uma atividade de risco em si, mas empreender no Brasil tornou-se símbolo de alto risco. A falta de arbítrio nos órgãos fiscalizadores e na tomada de decisões pelos tecnocratas, sem uma análise abrangente do negócio, aumenta ainda mais os desafios enfrentados pelos empresários. É preciso que as decisões sejam acompanhadas por equipes de auditores, que possam avaliar o contexto geral da empresa e evitar ações que comprometam o negócio como um todo.

A revolta dos CNPJs é um sentimento compartilhado por muitos empresários que se entusiasmam com um ambiente de negócios motivado e inseguro. Construir um cenário mais favorável é tolerar que as regras sejam claras, as fiscalizações sejam uniformes e os órgãos fiscalizadores sejam constantemente fiscalizados.

Esta coluna é inspirada no livro

A REVOLTA DOS CNPJs –  Joe Santos o Sr. Pantufa – www.sopantufa.com.br

Continue Reading

Revolta dos CNPjs

A REVOLTA DOS CNPJs POR JOE SANTOS

Published

on

A revolta que mais se sente em relação ao ambiente de negócios, que é o que move e da vida diariamente aos CNPJs, é justamente a interferência sobre esse ambiente, interferências das mais diversas e das mais diversas áreas, com as mais diversas formas.

Órgãos reguladores que mais parecem criados para a imprensa ver ou para a população entender de que se está tendo preocupações das mais diversas e em todos os setores que possam de alguma forma prejudicar o futuro das pessoas, da natureza ou do cuidado ambiental de maneira geral, com teorias e exceções de toda ordem, a diferença de regiões pode ser motivo suficiente para que haja alterações nestas normas e regras. Influencias das mais diversas podem ser exceções exclusivas. E em alguns casos órgãos reguladores só estão para a iniciativa privada, não para o Estado que as criou. Assim que o Estado precisar…. Parece que a flexibilização é maior.

Por isso a criação de ambientes de negócios saudáveis e sem vícios se faz tão necessário, as discussões sobre normas e condutas devem ser mantidas ao longo do tempo e olhadas com olhos clínicos, abrangendo toda a cadeia que possa ser atendida e impactada em algum momento. São decisões que em alguns casos envolvem interesses dos mais diversos que devem sim serem discutidos.

A preocupação quanto a esses ambientes de negócios tem que ser constante, temos que ter agendas organizadas neste sentido para que quando for preciso que se tome decisões, que seja mais rápida e com sustentações técnicas e muito menos políticas.

Temos uma energia pairando no ar que nos parece que estamos um contra o outro, de um lado órgãos reguladores (Estado) do outro empresas e investidores (CNPJs), que travam algumas “batalhas” de interesses antagônicos, quando na verdade deveríamos estar alinhados e com visões bem parecidas.

Precisamos estar atentos as pretensões meramente comerciais e de valores monetários, mas precisamos estar atentos em pretensões meramente populistas. Isso tudo em detrimento do desenvolvimento social, que abrange a todos de alguma forma, seja em emprego, seja em distribuição de renda, educação etc…

Esse é o ambiente que devemos estar atentos, esse é um motivo de revolta dos CNPJs, ambiente de negócios mais claros e com interesses em comum, objetivos claros e transparentes, órgãos e comissões representativas, e o principal “BOM SENSO”.

Coluna inspirada no livro “A REVOTA DOS CNPJs”

Joe Santos – sopantufa

Continue Reading

Revolta dos CNPjs

A REVOLTA DOS CNPJs

Published

on

Na coluna anterior falávamos das alterações que somos submetidos a nível fiscal,
principalmente o quanto isso pode nos afetar de várias formas, como no planejamento por ex.,
o que é a parte mais fácil de ajustar ao longo do processo.
As alterações são maiores e de maior impacto quando há a troca de governo que é o caso
agora, e vamos vivenciar isso com algumas propostas das mais diversas áreas e com seus
impactos que em alguns casos pode comprometer o negócio e seus contratos futuros. Senão
vejamos, devemos ter alterações significativas na área a florestal e de mineração, (sem entrar
no mérito, por falta de conhecimento), mas, são empresas de grandes investimentos em
estruturas físicas, por ex. e de retorno lento e a longo prazo que pode estar sendo atingida de
tal forma e a ponto de se inviabilizarem, isso é apenas um exemplo e que pode não acontecer
tais alterações e nem com esse impacto. Mas que pode nos dar a noção da insegurança que
vivemos quanto a falta de critério nos órgãos que deveriam estar “a serviço” saudável do
empreendedorismo e que “normas” muito relevantes de alterações tivesse prazos pré-
definidos, justamente para ser discutidos e analisados com o esmero que mereçam.
Empreender pode ser sinônimo de risco, sim. Porém empreender no Brasil é sinônimo de alto
risco e talvez por isso se justifique a não sobrevivência da grande maioria das empresas, a
diferença da quantidade de empresas que nascem e que sobrevivem, é muito grande.
Tecnocratas = pessoas que conhecem parte da “arte” de ser empresário, conhecem alguma
parte técnica do processo feito na empresa, mesmo que seja a parte principal da empresa, não
podem estar com pleno poderes quanto ao funcionamento da empresa e nem estar com tais
poderes a ponto de comprometer o negócio, é preciso que tais decisões venham
acompanhadas de uma equipe auditora e veja em um contexto mais amplo o negócio ali
instalado.
Só para exercício de exemplificação:
Uma empresa começa um negócio de mineração com um grande investimento de recursos
captados no mercado de investimentos, recursos de grande volume, e em algum momento,
por vários motivos, por promessa política por ex. essa empresa tenha que parar suas
atividades e não consiga mais pagar o investimento feito. Isso altera o valor dos juros
praticados ao mercado, já que esse risco existe e está calculado ou passa a ser calculado a
partir daí em diante, onerando ainda mais novos investidores, o custo do dinheiro para
investimento fica mais caro. Análise muito simplista de uma situação que, claro, é mais
complexa, mas para dar uma noção do risco/empreendedor que se está submetido. Isso é um
fato que nos cerca e torna essa atividade empresarial ainda mais desafiadora.
Temos algo (Revoltante) em comum!

Essa coluna é inspirada no livro “Revolta dos CNPJs”
Joe Santos – Sr. Pantufa.

Continue Reading

Leia Tambem

Famosos2 dias ago

Regina Nunes primeira dama da cidade de São Paulo Brilha como Madrinha das Causas Sociais no Desfile da Gaviões da Fiel

No coração da celebração carnavalesca de São Paulo, a Gaviões da Fiel surpreendeu o público com um desfile repleto de...

Famosos2 dias ago

Sétima edição do Festival Ilumina Zona Oeste celebra aniversário do Rio com programação diversificada e shows de Tati Quebra Barraco, Bob Rum e outros artistas da região

Evento gratuito acontece entre os dias 01 e 03 de março na Areninha Gilberto Gil, em Realengo, e no Museu...

Famosos3 dias ago

Influenciador Viral: Descubra o segredo do crescimento explosivo de Byel nas redes sociais

Gabriel de Sousa das Dores, mais conhecido como Byel, está conquistando cada vez mais espaço e reconhecimento no cenário digital...

Famosos3 dias ago

Yasmim Monteiro: Celebrando o Sucesso de uma das Maiores Influenciadoras do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro: O Local da Celebração da Vida de Yasmim Monteiro No próximo dia 24 de fevereiro, a Cidade...

Famosos6 dias ago

Miss Jataí busca título de miss Goiás 2024

Miss Jataí, Mirthes Almeida, natural da encantadora cidade de Jataí, em Goiás, está imersa na jornada acadêmica, dedicando-se ao curso...

Famosos6 dias ago

Messi e Fernanda: Um Encontro Inesperado nos Bastidores do Futebol

A notícia que está agitando o mundo esportivo é a reaproximação entre o astro do futebol, Lionel Messi, e a...

Famosos6 dias ago

Mirela Birnfeld, musa da bateria Pegada da Coruja celebra campeonato da Milênio

A advogada matogrossense, Mirela Birnfeld Leite, brilhou na passarela do samba, na madrugada de domingo com a fantasia “Caminhos da...

Famosos7 dias ago

Quem é o jovem Thiago Silva: A história de superação que é destaque internacional

De Santa Catarina para o mundo, a história de Thiago Silva dos Santos é um testemunho poderoso de resiliência e...

Famosos1 semana ago

Celebridades mirins aproveitam a terça-feira de Carnaval no camarotinho Rio Praia

Espaço foi reservado para atividades lúdicas e integrativas pensadas para os sambistas mirins que viveram uma experiência singular no dia...

Famosos1 semana ago

Influencer e empresária Carolina Montemor vai para Miami para o TikTok LiveFest Global

Carolina Montemor esteve presente no TikTok Live Fest Global, que aconteceu em Miami no dia 02, a cerimônia foi apresentada...

Famosos1 semana ago

Nando Cunha e Isabel Fillardis marcam presença em camarote de Roginho

No primeiro dia de folia do Carnaval, os atores Nando Cunha e Isabel Fillardis não perderam a oportunidade de curtir...

Famosos1 semana ago

Erika Schneider comemora aniversário em camarote na Sapucaí

A musa do Carnaval do King, Erika Schneider, foi recebida com muito carinho no camarote do Roginho do Ouro, neste...

Famosos1 semana ago

A convite da Pandora, mexicana Dania Mendez desembarca no Brasil e marca presença no Baile do Copa no RJ

O Carnaval começou e as celebridades estão curtindo em locais diferentes do Brasil. E, para aproveitar esse momento, a Influenciadora...

Famosos2 semanas ago

Madrinha dos projetos sociais da Mangueira, a musa Karinah está pronta para brilhar na avenida

Em homenagem a uma canção de Alcione, a sambista caprichou na fantasia com uma peça coberta de cristais vindos da República...

Famosos2 semanas ago

Primeiro Casal De Mestre-Sala E Porta-Bandeira Faz Treino De Alta Performance Para Apresentação Na Passarela Do Samba No Próximo Domingo, Dia 11

Arthur Santos e Waleska Gomes, casal que estreia na Estrela do Terceiro Milênio no próximo domingo, dia 11, se preparam...

Famosos2 semanas ago

Ator Rafael Camilo comemora seus 28 anos em grande estilo

Brilho e Alegria: Rafael Camilo Faz História em Sua Festa de Aniversário No último final de semanal de semana aconteceu...

Famosos2 semanas ago

Destaque intersexual, Laudineh de Oliveirah será destaque central da Barroca Zona Sul

Pelo quinto ano, Laudineh de Oliveirah fará parte do grupo de destaques da Barroca Zona Sul, a empresária é a...

Famosos2 semanas ago

Aposta Ganha patrocinadora oficial Carnaval Salvador e Camarote Brahma confira os Bastidores

Patrocinador master oficial do Carnaval de Salvador, considerado por muitos a festa mais badalada e desejada do país, o Aposta...

Famosos2 semanas ago

Musa Patricia Chelida promete brilhar no desfile da Unidos da Tijuca no domingo (11)

Com “melodia nos pés”, “carioca da gema”, pedagoga envolvida desde pequena com o samba, a Musa Patrícia Chélida, que já...

Famosos2 semanas ago

Na reta final para o desfile, musas intensificam os treinos em academia e a alimentação

Letícia Guimarães, Luciana Santos, Egili Oliveira e Karen Lopes contam alguns dos seus segredos que incluem dieta balanceada, hidratação e...

Advertisement 300x250 Genérico

Trending

Copyright © MoneyFlash - Todos os Direitos Reservados.