Connect with us

Business

O Brasil e o desafio da eletro mobilidade

Published

on

Por Ricardo David, sócio-fundador da Elev

A eletromobilidade nas ruas é uma realidade no exterior há alguns anos. América do Norte, Europa e a Ásia já concentram 90% das vendas dos carros elétricos. De acordo com a Agência Internacional de Energia (IEA), a China registrou 3,4 milhões de vendas de carros elétricos em 2021, o que a tornou número um em eletromobilidade. Infelizmente, por aqui, os brasileiros ainda vêem os carros elétricos como um sonho distante.

Eletromobilidade significa mais do que apenas avanço tecnológico. Os países que investem neste segmento se preocupam com a redução da emissão de gases na atmosfera, com o uso de energias renováveis e com a não dependência das nações produtoras de petróleo e a volatilidade do combustível do mercado internacional, que em maio elevou a R$7,26 o preço médio do litro da gasolina no Brasil.

Por aqui existem sim carros elétricos. Porém, eles são mais caros quando comparados aos preços praticados no restante do mundo, e inacessíveis ao bolso da maioria da nossa população. Por consequência, os elétricos ainda estão muito atrás na concorrência com os carros movidos a combustíveis fósseis no Brasil, por mais que representam uma economia no bolso de motoristas e empresas.

Um dos fatores que nos diferenciam dos países que já possuem um mercado de carros elétricos consolidado é o fato de não contarmos com incentivos fiscais para os consumidores que optam por esse tipo de tecnologia. Segundo a Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis (ACEA), a Romênia oferece um bônus de 10 mil euros e a Alemanha isenta taxas na compra de um veículo elétrico.

O Brasil começa a dar os primeiros passos nessa direção. Um projeto de lei propõe isentar a cobrança do imposto sobre a importação para elétricos e híbridos. Já São Paulo aderiu ao compromisso firmado na COP26 de eletrificar toda a sua frota até 2035.

Com o mercado aberto, incentivos fiscais, o caminho para a mudança se torna mais fácil. É preciso difundir as informações e trazer os benefícios à tona. Em Londres e na Noruega carros elétricos podem circular nas faixas de ônibus e não pagam pedágios intermunicipais.

Sozinha, São Paulo concentra mais de 800 mil motoristas de aplicativo, e propor a redução dessas taxas, isenção do alvará e dos pedágios pode inspirá-los a trocarem seus veículos, gerando uma boa economia e agilidade no trânsito, além de diminuir o impacto dos automóveis no meio ambiente.

Mas o Brasil tem estrutura para o abastecimento desses veículos? Para a Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE) existem 1.250 carregadores no Brasil, e 60% deles estão concentrados no Sudeste. Enquanto isso, a China com o apoio do Estado, implantou mais de 800 mil estações de recargas, todas públicas.

A indústria automobilística no Brasil está em crise. Montadoras estão saindo do país. Mudar toda a estrutura e o histórico desse mercado não acontecerá de uma hora para outra, mas é preciso dar o primeiro passo. A estrada da sustentabilidade é longa, é verdade, mas o investimento em tecnologia, a disseminação dos benefícios e o apoio do poder público podem cortar o caminho.

Ricardo da Silva David é engenheiro eletricista e pós-graduado pela Universidade Federal da Bahia. Foi Gerente da área de energia da Petrobras por 10 anos e sócio-fundador de diversas empresas ligadas a sustentabilidade, a exemplo da ECOLUZ, da EBL (joint-venture entre a ECOLUZ, Br Distribuidora e Light), Citeluz (joint-Venture com a EDF – Electricité de France), Gerhlicher Ecoluz Solar do Brasil (Joint-venture com Gehrlicher, da Alemanha). Foi Presidente da ABESCO — Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia no período de 2001 a 2005.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading
Advertisement

Business

Por que as empresas devem falar sobre etarismo?

Published

on


Fábrica de Criatividade (FDC) promove treinamento para discutir sobre os desafios da diversidade etária e combate ao preconceito de idade

Segundo o IBGE, no Brasil 13% da população tem mais de 60 anos e a partir de 2031 haverá “mais idosos do que crianças e adolescentes, e em 2042 essa população alcançará o número de 57 milhões de brasileiros”. A Fábrica de Criatividade, empresa de gestão da inovação, com um olhar positivo para essa nova realidade vem investindo em times mais heterogêneos e preparando suas equipes. “De acordo com o relatório Global Report on Ageism, produzido pela Organização Mundial de Saúde, metade da população mundial tem atitudes preconceituosas em relação à idade, por isso uma das metas da Fábrica é valorizar quem tem mais experiência e preparar os jovens para atitudes mais positivas, completa Tita Legarra, sócia da FDC.

Sob o tema “Diversidade Etária’, no próximo dia 17, às 18h, o especialista MAURO WAINSTOCK fará uma contextualização sobre o assunto, falará sobre tendências e desafios da diversidade etária e, ainda, dará dicas para o combate ao preconceito de idade. “A expectativa de vida do brasileiro em 1940 era de 45 anos. Em 2020, quando o IBGE divulgou o último levantamento, este número pulou para 76,8 anos”, declara Mauro sobre a importância deste assunto fazer parte do cronograma do RH das empresas. “O objetivo desse encontro é realmente trazer a importância da inclusão de pessoas mais experientes, lembrando, como o próprio Mauro diz, que além da expectativa de vida ter aumentado, TODOS nós iremos chegar na maior idade. E as pessoas estão envelhecendo cada vez com mais energia para continuar no mercado.
Conscientizar os benefícios de ter essa diversidade em empresas de inovação é fundamental . Afinal de contas, repertório é o que agrega e faz nossa caixa transboardar”, completa Tita.

Na ocasião, expectativa de vida, conceito de ageless, mercado de consumo, estatísticas, integração geracional, inspirações reais, provocações, reflexões
recomendações de livros, séries e filmes e apresentação de pesquisas, trabalhos e estudos realizados no Brasil e no exterior farão parte do escopo do programa imersivo. “Qual é o custo de abrir mão da experiência? Quanto vale o aprendizado daqueles que vivenciaram, na prática, vários planos econômicos? Quanto vale o conhecimento daqueles que já cometeram vários erros em suas carreiras; erros estes que, na época, serviram de aprendizado prático e que, provavelmente, não vão mais se repetir? Quanto vale ter vivido em um mundo em que não existia Internet e que obrigou este profissional a se adaptar aos meios virtuais e a se reinventar? Estes diferenciais, que não se aprende em cursos, mas se adquire ao longo dos anos, são extremamente significativos no mundo corporativo”, declara o especialista.

Mauro tem mais de 30 anos de experiência em Comunicação, foi nomeado Linkedin Top Voice & Creator, palestrante sobre diversidade etária e sócio-fundador da consultoria HUB 40+ e conselheiro empresarial, mentor de executivos, professor da Escola Superior de Propaganda e Marketing e do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças.

 

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Business

  5 dicas para candidatar-se a vagas online

Published

on

Mensagem de apresentação, nomeação do currículo e foto de perfil são fatores decisivos para ganhar pontos com os recrutadores, diz especialista do Trampolim

 

São Paulo, Agosto de 2022 – O recrutamento online, popularizado durante a pandemia, continua em alta após o retorno presencial das atividades. Para se ter uma ideia, seis em cada dez empresas brasileiras digitalizaram a seleção de funcionários em 2021, segundo levantamento do Instituto Locomotiva.

Nesse cenário, candidaturas via e-mail e redes sociais, como o Whatsapp, ganharam ainda mais força. Consequentemente, os candidatos precisaram se adequar às novas formas de abordagem e comportamentos nos processos seletivos digitais.

“É um desafio tanto para quem recruta quanto para quem está em busca de um emprego, pois agora todos os detalhes estão sendo observados desde o primeiro contato”, afirma Bruno Rizzato, diretor de produtos do app de empregos Trampolim.

Segundo o especialista, na candidatura online, a mensagem de apresentação, a nomeação do currículo e a foto de perfil, por exemplo, fazem toda diferença. Confira abaixo cinco dicas do Trampolim para se candidatar para vagas online!

#Identifique para qual vaga você está aplicando

É muito comum que os recrutadores recebam uma grande quantidade de currículos na sua caixa de entrada, principalmente quando há mais de um processo seletivo aberto na empresa. Então, para que o seu documento não se perca entre tantos outros, coloque seu nome e o cargo para o qual você está aplicando no assunto do e-mail, ou escreva na mensagem do WhatsApp.

#Faça uma apresentação sobre você

Com o assunto fechado e o documento anexo, agora é hora de formalizar a mensagem. Escreva uma breve apresentação que inclua os seguintes pontos: nome, onde encontrou a vaga, o motivo pelo qual está se candidatando e as suas principais habilidades. O documento é apenas uma porta de entrada, capriche nas soft skills e mostre quem você realmente é.

#Nomeie o arquivo do currículo

Para analisar o currículo, o recrutador precisa baixar o documento em seu computador. Caso o anexo esteja sem nome, o documento pode se perder em meio a outros arquivos de downloads. Nomeie o arquivo com o seu nome e cargo para que o recrutador se lembre de você e consiga fazer uma busca rápida, caso precise localizar o seu currículo.

#Cuidado com a foto de perfil

Candidaturas feitas por WhatsApp pedem um cuidado em dobro. Lembre-se que a primeira impressão é a que fica. Por isso é importante escolher bem a foto do seu perfil, para que não haja constrangimentos. Busque usar fotos suas, evitando usar imagens de personagens ou fotos de outras pessoas. É importante que o recrutador consiga te identificar, por isso escolha fotos de rosto, com boa qualidade e pouca edição.

#Se prepare para a entrevista

Por fim, tenha em mente que assim que o currículo é enviado, a entrevista pode acontecer a qualquer momento. Antes de se candidatar, pesquise na internet sobre a empresa e faça um roteiro com os principais pontos a serem abordados durante a conversa, como formação, experiências e interesses. Se a entrevista for virtual, reserve um lugar silencioso e com bom sinal de internet.

 

Sobre o App Trampolim

O Trampolim é o primeiro aplicativo colaborativo de empregos, no qual os próprios usuários compartilham vagas e oportunidades de pequenos estabelecimentos, lojas de bairro e serviços que normalmente são divulgadas na vitrine/porta dos estabelecimentos e não são publicadas em sites tradicionais de emprego.

 

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Business

Especialista em gestão de negócios Rogerio Vargas fala sobre os desafios da sucessão familiar e como se planejar

Published

on

A dinâmica do processo sucessório deve ser guiada pela sustentabilidade e perenização da companhia e não pela necessidade ou vaidade de empregar filhos ou parentes” afirma empresário

De acordo com o IBGE, cerca de 90% das companhias nacionais pertencem às famílias. Porém, por causa dos conflitos entre os parentes, somente 30% chegam na sua segunda geração e apenas 15% na terceira. E os principais motivos dos desentendimentos são: o excesso de protecionismo, a falta de profissionalismo e preparo dos membros e o não planejamento do processo sucessório.

Em entrevista, o especialista em planejamento, modelo, negócio e gestão Rogerio Vargas, sócio da Auddas, empresa que também promove mentorias para falar sobre o assunto, revela que é um desafio orientar as famílias no processo sucessório de negócios familiares.

“É importante que os sócios da família se dediquem ao aspiracional ou à visão empresarial, já que o papel de gestão deve ser realizado por gestores com o perfil adequado seguindo a estratégia, o modelo do negócio e o momento da empresa. Outro ponto importante é que uma vez que a pessoa está no contrato social ou pertença à família, ela é vista como sócio e portanto não conseguirá exercer o papel de gestão de forma isenta, pois será considerada como dona do negócio ou seja família como de fato o é”, comenta Rogério Vargas, da Auddas.

Confira a entrevista completa na íntegra:

Quais são os principais desafios no processo sucessório de negócios familiares?
Os principais desafios que existem no processo sucessório são a eficácia entre a estratégia com o modelo de negócio, a adaptação dos sócios a dinâmica de gestão com os gestores e a expectativa de resultados.

Você acredita que a sucessão familiar se não for um processo bem articulado, pode se transformar numa herança maldita?
Acredito que sim, pois se você não evolui a dinâmica de gestão entre sócios / gestores, alinhados com estratégia do negócio que é desenvolvida pelo modelo do negócio e que assegura a entrega de valor, com o tempo, a empresa poderá ser afetada nos resultados e até vir a deixar de existir.

Como evitar ou lidar com os conflitos familiares nas empresas?
Para evitar ou lidar com os conflitos, é necessário, na minha opinião, ter regras de governança, por exemplo: 1. Contratar ou promover pessoas da família via um processo de seleção e/ou plano de desenvolvimento – capacitação que pode passar por ter experiências em outras atividades / empresas / segmentos. 2. Ter regras para distribuição de dividendos que contemple a reserva de capital de giro, o acordo do pagamento do mútuo aos sócios que aportaram no passado, destinar os recursos para os planos de investimentos necessários para o negócio e só então, distribuir os dividendos. Dentre outros regras.

Qual a importância da profissionalização no processo sucessório?
No momento que os sócios buscam continuamente a eficácia na estratégia & modelo de negócio & estrutura de gestão (dinâmica de gestão) e governança, eles estão tornando a empresa robusta, sustentável em resultados – consistentes e tudo isto está no que o mercado chama de “profissionalização”, ou seja, o negócio tem que estar acima de tudo e de todos.

A empresa evolui, cresce e, por vezes, pode não conseguir resultados futuros para suportar a entrada ou até mesmo a divisão de resultados que possa atender as gerações futuras. Como o profissional pode se planejar/preparar para “este futuro”?
O Brasil está entre as 10 maiores economias do mundo. Na moda somos o 5º maior mercado, na saúde o 8º maior. No agronegócio, lideramos ou estamos nas primeiras posições, dentre outros destaques, incluindo nosso modelo de franquia / legislação. Portanto, é possível crescer. Existe muita oportunidade. A empresa deve colocar a sua energia para fora e não ter questões internas que tire o foco. Isto assegurará o crescimento dos resultados que sustentarão a entrada de novos integrantes / distribuição de dividendos.

Para você, qual, o papel de um Conselho na jornada da evolução de uma empresa?
O Conselho é uma ferramenta de gestão para sócios e gestores, importante de acordo com o momento da empresa para continuar se desenvolvendo e assegurando que o “norte” traçado está sendo desenvolvido e retroalimentado, bem como identificando novas oportunidades no mercado.

E para finalizar, tem alguma mensagem que você quer deixar para as pessoas que estão passando por esse processo?
O empreender, na realidade, é um espírito, uma filosofia de vida. A pessoa não acorda com essa vontade hoje. É algo que continuamente existe na pessoa. Por isso é que os sócios nunca foram gestores, porque eles não se identificaram com aquela dinâmica. Quando o empreendedor inicia um negócio, no momento zero, a receita é zero. Ele começa sozinho, testando modelos, MVP, fazendo “pilotos”, e começa a entender que aquela jornada parece promissora. É nesse momento que ele começa a fazer as primeiras contratações, já vai estar em algum local físico ou remoto, depende do negócio. E aí sim começa a validar a estratégia, o modelo retroalimentado do negócio, buscando essa consistência. Como consequência o negócio vai evoluindo e crescendo. Em algum momento desta jornada o sócio se vê numa “encruzilhada”, ou ele estrutura o negócio, evolui com todas as regras de gestão / governança, e continua se dedicando mais ao aspiracional e trazendo níveis de gestão adequados para o momento de negócio. Ou dá esse passo, ou, de fato, terá dificuldades. Em algum grau, até começa a desconstruir o negócio. Realmente, é fantástico empreender. Não há limites. Temos um grande mercado no Brasil. O empreendedor deve canalizar essa energia externamente, acompanhando feiras, congressos, revisitando tendências. A sua estrutura de gestão deve ser capaz e tem as habilidades de fazer isso acontecer enquanto ele está no aspiracional, identificando novas oportunidades. O sucesso do negócio deve estar nessa sinergia entre sócios e gestores.

Rogerio Vargas já impactou com seu trabalho milhares de pessoas, juntamente com seus sócios na Auddas, realizam, mensalmente, Webinars gratuitos onde explicam sobre a importância da governança corporativa na sucessão familiar, planejamento, gestão, estruturação de empresas, M&A, governança, capital, dentre outros assuntos.

** Este texto não necessariamente reflete, a opinião deste portal de noticias

Continue Reading

Leia Tambem

Famosos1 dia ago

Jurado do “Canta Comigo” agora faz parte da Associação Cultural do Rock

Marquês, que é cantor, comunicador e jurado do programa Canta Comigo, da Rede Record, por seis temporadas consecutivas, traz ao...

Famosos2 semanas ago

Orações, alimentação saudável e atividade física – a rotina de Padre Reginaldo Manzotti

Entre missas, gravações e uma agenda lotada, o sacerdote não abre mão de realizar exercícios físicos e se alimentar corretamente....

Famosos3 semanas ago

Jurado do Canta Comigo lança música inspirada em Shakespeare

Inspirada nas obras de William Shakespeare, Henrique IV (primeira parte) Henrique IV (segunda parte) e Henrique V, Marquês viaja até...

Famosos3 semanas ago

Cantora Luana Monalisa e o médico João Almeida anunciam gravidez com ajuda de fertilização

A cantora baiana Luana Monalisa que durante o carnaval faz a maior festa, a bordo de sua “Nave Elétrica”, como é conhecido...

Famosos1 mês ago

Jurado do Canta Comigo vai apresentar evento de Rock em São Paulo

O Dia Internacional do Rock será comemorado nesta quarta-feira (13), e para Marquês, que é cantor, comunicador e jurado do...

Famosos2 meses ago

“Cascavel” lançamento de Brunno Hernandez fala de relacionamentos tóxicos

A música produzida por Mabê da Angorá traz elementos do pop e do rock, trazendo uma nova sonoridade e identidade...

Famosos2 meses ago

Duda Rodrigues: empresária e apresentadora do segmento de saúde, acumula conquistas em agência especializada

São mais de 20 anos à frente de carreiras de médicos, dentistas e profissionais de saúde. No comando de um...

Famosos2 meses ago

Apresentador Thiago Rocha comemora 40 anos com festa à fantasia cheia de famosos

Em grande estilo, o jornalista e apresentador Thiago Rocha, que trabalha na bancada do Programa ‘A Tarde é Sua’, comandado...

Famosos2 meses ago

Simony, Renata Banhara e outros famosos prestigiam inauguração do Studio 2050 no Morumbi

Na noite do último sábado, 04 de junho, aconteceu a inauguração do Studio 2050, que trata-se do mais novo salão...

Famosos2 meses ago

Antonia Fontenelle e Oscar Magrini apresentam em Paris a Premiação Portuguese Brazilian Awards

Com direito a passarela em tapete vermelho, em noite de gala e muito glamour, foi realizado na última sexta-feira, 03...

Famosos3 meses ago

Atriz Jussara Calmon prepara docudrama sobre sua vida. ‘Jussara Calmon – Da Favela Para O Mundo’

A atriz Jussara Calmon, musa da pornochanchada nos anos 1980, veio ao Brasil vinda da Noruega, onde reside atualmente, para filmar...

Atleta Fitness Júlia Menezes – Crédito da Foto: Kalunga Helis / Renato Cipriano – Divulgação Atleta Fitness Júlia Menezes – Crédito da Foto: Kalunga Helis / Renato Cipriano – Divulgação
Famosos3 meses ago

Atleta Fitness Júlia Menezes exibe shape trincado e diz se sentir na melhor forma de sua vida!

A modelo e atleta fitness Júlia Menezes demonstra que realmente é uma pessoa determinada e não perde o foco por...

Ex BBB Vyni - Crédito da Foto: Araujo / Azzi Agency Ex BBB Vyni - Crédito da Foto: Araujo / Azzi Agency
Famosos4 meses ago

Ex BBB Vyni e outras personalidades curtem camarote Bar Brahma no desfile das campeãs

A noite da sexta-feira, 29 de abril, foi de muita diversão pelo Sambódromo do Anhembi. Na ocasião aconteceu o desfile...

Famosos4 meses ago

Conceituado dentista Dr. Adriano Iglesias é o responsável pelo novo sorriso da apresentadora Flavinha Cheirosa

A apresentadora Flavinha Cheirosa apareceu em suas redes sociais com um sorriso novo e impressionou seus seguidores. Em uma viagem...

Famosos4 meses ago

Gisele Abramoff lança sua nova música “Higher than Before”

Cantora brasileira que vive na Alemanha, Gisele Abramoff lanca sua nova música “Higher than Before, uma canção emocionante. O piano...

Famosos4 meses ago

Yronika, queridinha dos reality shows na Itália grava com Gretchen e se prepara para reality show no Brasil

Prestes a lançar no próximo dia 20 de abril o videoclipe do single “Diva”, com a participação especial da rainha dos...

Famosos4 meses ago

Rebecca puxa seu bloco de Carnaval neste sábado(23), no Rio

A artista lança o “Bloco da Rebecca” no Carnaval 2022. Entre as atrações já confirmadas estão Valesca,Tchakabum, Wc no beat,...

Famosos4 meses ago

É preciso se arrumar para ficar em casa? Como seguir tendências sem perder personalidade? Influencer de moda Patrícia Chari tira diversas dúvidas do dia a dia

A Miss Bela World USA fala também se é preciso combinar bolsas com sapatos Que a moda é uma forma...

Famosos4 meses ago

“No Palco da Vida”, atores elogiam projeto de Wal Schneider

Depois de estrear na novela Páginas da Vida, de Manoel Carlos, atualmente no ar no canal VIVA, e participar do...

Ronaldo fenômeno Ronaldo fenômeno
Esporte4 meses ago

Você lembra? Ronaldo quase jogou no Flamengo antes de ir para o Corinthians

Ronaldo Fenômeno jogou em clubes gigantes por todo o mundo, como Barcelona, Real Madrid, Milan, Corinthians e tantos outros. Mas,...

Advertisement 300x250 Genérico

Trending

Copyright © MoneyFlash - Todos os Direitos Reservados. Site Parceiro do Terra